BLOG

14 de dezembro de 2017
|

5 exemplos de lojas virtuais confiáveis e de sucesso

5 exemplos de lojas virtuais confiáveis e de sucesso

Nos dias de hoje, a palavra “mudança” pode soar até como um insulto. Porém, no mercado corporativo, ela é essencial. Várias marcas tentam se renovar diariamente para serem melhores do que a concorrência. E é dessa forma que muitas lojas tiveram que sair da sua zona de conforto em manter apenas a loja física e partir para o mundo digital.

Ela traz diversos benefícios para os consumidores, seja na comodidade de realizar o pedido e receber em casa ou na facilidade de resolver dúvidas pelo chat. Apesar do esforço, isso tudo é recompensado no aumento das vendas, na redução dos custos e na conquista de melhores resultados para o empreendimento.

Para saber como sua loja pode melhorar ao entrar no mundo digital, conheça alguns exemplos de lojas virtuais bem-sucedidas.

1. Expanda como a Dafiti

No início, a varejista online de moda vendia apenas calçados. Porém, graças à grande demanda e à popularização de compras pela internet, os 4 sócios tiveram a ideia de expandir. Agora a empresa conta com mais de 85 mil produtos de diferentes marcas.

O grande sucesso da empresa chamou a atenção do Ontario Teachers. Em 2013, o grupo canadense fez um investimento de R$ 160 milhões no negócio. Agora, em 2017, o Global Fashion Group, proprietário da marca, anunciou o valor de R$ 354,6 milhões em receita líquida, um avanço de 15,1{64c598c6a96f2dc0f67ae33c57e5e42aec4d0e1ff884c4030c726f557916441f} em relação ao ano passado no mesmo período.

Com o pouco tempo de atividade, ela já é a maior loja e-commerce de moda na América Latina.

2. Seja diferente como a Submarino

A loja online Submarino foi criada em São Paulo em 1999. Sendo uma das pioneiras no mercado digital, foi líder até 2004. É uma das poucas marcas a não possuir algum negócio físico, tendo seus esforços focados totalmente na internet.

Atualmente, após a fusão com outras grandes empresas como Americanas.com e Shoptime, integra o grupo B2W. Em 2016, apresentou um faturamento de R$ 44,4 bilhões e é um dos maiores grupos de e-commerce do país.

3. Amplie seu mercado como a Ultrafarma

Outra grande empresa que passou a oferecer suas mercadorias no mundo digital, a Ultrafarma viu a internet como uma oportunidade para expandir seus negócios. A ideia inicial de entregar medicamentos por um preço mais acessível mantendo a qualidade da marca, a tornou forte diante da concorrência.

Com a expansão pelas redes não foi diferente. Além de manter o diferencial citado anteriormente, a marca é conhecida pelo seu excelente atendimento ao cliente. Tem o proprietário Sidney Oliveira como uma marca da empresa, constante em comerciais para fortalecer o compromisso com os usuários não apenas fisicamente, mas também por meio da internet.

4. Arrisque como a Netshoes

A empresa, que inicialmente contava com apenas 2 vendedores e 2 sócios em uma única loja física, percebeu a oportunidade de utilizar a internet para mudar totalmente o negócio.

Em 2015, o faturamento da marca chegou a R$ 2 bilhões de reais. Seu crescimento é resultado da dedicação e coragem em arriscar na plataforma. Como resultado, é uma das referências no e-commerce brasileiro e uma das principais empresas em artigos esportivos.

5. Inove como o Magazine Luiza

Outra companhia que enxergou uma grande oportunidade utilizando a loja online, o Magazine Luiza, fechou o segundo trimestre de 2017 com um lucro líquido de R$ 72,3 milhões, tendo 28{64c598c6a96f2dc0f67ae33c57e5e42aec4d0e1ff884c4030c726f557916441f} de participação do seu e-commerce.

Para chegar a esses valores, a empresa investiu fortemente nas redes sociais e contou com a ajuda da personagem fictícia Lu. De acordo com seus criadores, ela foi concebida para humanizar o contato com o cliente. Antes, a loja via que o atendimento não era o mesmo da vida real, em relação ao atendimento diferenciado prestado pelos vendedores.

Participando de posts dentro de redes sociais, vídeos ou até no chat para tirar dúvidas, ela foi a grande aposta da marca que tem dado ótimos resultados.

Como você viu, esses exemplos de lojas virtuais demonstram que, usando a estratégia certa e um bom investimento, é possível ter um melhor relacionamento com os clientes e ser bem-sucedido.

Gostou deste post? Para ver mais conteúdos como este, siga-nos no Facebook!

Escrito por: 



0 Comments


Venha nos contar sua opinião!

Leave a Reply