BLOG

23 de janeiro de 2018
|

Como são as lojas de virtuais de sucesso? Confira aqui!

Com o surgimento da internet um pouco antes dos anos 2000, muitos empreendedores buscaram utilizar a rede mundial de computadores para expandir ou criar o seu negócio. Essa ferramenta foi usada como meio de divulgação, venda e envio para diferentes lugares do próprio país (e posteriormente, do mundo), objetivando fortalecer sua marca e rentabilizar através de uma loja virtual de sucesso.

Hoje reunimos dois exemplos de sucesso, em que contamos um pouco de suas trajetórias, desde a fundação e dificuldades até o triunfo. Quer saber mais? Veja o nosso artigo!

O desafio de criar uma loja virtual

No Brasil, temos o exemplo de Marcio Kumruian, fundador da Netshoes. Junto com o seu sócio, Hagop Chabab, tinham iniciado um negócio, uma loja física de calçados em São Paulo, no ano de 2000.

Como trabalhavam ao lado de uma faculdade, pensaram em aproveitar o movimento dos estudantes que andavam pela região e tentaram conseguir seus primeiros clientes.

Para expandir, em 2002, ambos os sócios decidiram abrir o seu empreendimento na internet como uma forma de aumentar as vendas da empresa.

Do outro lado do hemisfério, o chinês Jack Ma, criador de um dos maiores e-commerces do mundo, o Alibaba, fundou sua primeira empresa online em 1995 depois de visitar um amigo nos Estados Unidos, Bill Aho. Nos EUA, Ma conheceu o genro de Bill Aho, Stuart Trusty. Este dirigia um dos primeiros provedores dos Estados Unidos, o VBN.

Ma imaginou como poderia usar a tecnologia em sua terra natal. Quando voltou, criou a China Pages, onde seu objetivo era ajudar as empresas do país a procurar clientes para vender no exterior.

Os acertos e erros no empreendimento

Para os brasileiros, o início não foi nada fácil. Em seu primeiro mês, a loja não conseguiu vender nenhum produto.

O movimento começou a surgir apenas no terceiro mês, quando fecharam uma venda de um par de sapatos. No mês seguinte, chegaram a vender dois pares. As vendas subiram gradualmente e no ano de 2007 fizeram a difícil escolha de fechar a sua única loja física. Apesar de amigos e familiares da dupla acharem uma grande loucura, Kumruian viu que era necessário ter foco apenas no e-commerce.

Já o chinês não teve a mesma sorte. Mesmo com o trabalho duro de visitar seus clientes batendo porta a porta, Ma foi pressionado a formar uma joint venture de sua empresa com a Hangzhou Telecom. O acordo fez com que o governo assumisse o controle de sua empresa, levando-o a buscar novamente um emprego na Infoshare, uma agência de propaganda online criada pelo Ministério do Comércio da China. O trabalho não foi o suficiente, e depois de 14 meses, Jack Ma decidiu empreender novamente.

Em 1999, Jack criou o Alibaba junto com 17 amigos. O grupo se reunia em seu apartamento, no condomínio Lakeside Gardens, em Hangzhou.

Sua nova missão era montar uma espécie de sala de reunião online, onde empresas chinesas poderiam negociar com seus clientes: distribuidores e revendedores de diferentes lugares do mundo.

A ideia chamou atenção de bancos como Goldman Sachs e Softbank, que decidiram financiar o projeto com um investimento de U$$ 20 milhões, aumentando o crescimento do empreendimento.

A busca pelos resultados

Em ambas as trajetórias, os empreendedores encontraram diversos desafios, porém, com a persistência, conseguiram ótimos resultados.

A empresa brasileira, atualmente, chega a faturar mais de 1,3 bilhão de reais ao ano, apesar de ainda assim não obter lucro.

Para se manter no topo, a empresa investe todo valor recebido para aperfeiçoar sua marca, seja trazendo preços competitivos, divulgação e melhorar a satisfação do cliente.

Do outro lado do mundo, com a expansão de novos produtos e serviços, o grupo Alibaba é avaliado em mais de US$ 25 bilhões.

Para chegar a esses grandes resultados, as duas empresas tiveram como foco o comprometimento com o cliente. Trazendo qualidade em seus produtos e oferecendo um bom atendimento a eles.

Um dos principais meios de melhorar o relacionamento com os consumidores dá-se por um site bem desenvolvido, que ofereça uma experiência agradável, onde o usuário pode encontrar rapidamente os produtos em diferentes categorias e se sentir seguro ao realizar uma compra.

Conhece alguma história de loja virtual de sucesso parecida? Comente abaixo!



0 Comments


Venha nos contar sua opinião!

Leave a Reply