BLOG

12 de dezembro de 2017
|

Entenda a importância de mensurar os resultados do seu site

Mensurar os resultados do site é fundamental para que você tome decisões da maneira correta. É bastante perigoso determinar o rumo das suas ações na base da intuição. Todos os seus passos devem ser calculados para que não haja surpresas lá na frente. Logo, é preciso utilizar as ferramentas digitais que a tecnologia nos oferece e saber interpretar as informações.

Quem tem um pouco de experiência sabe que há diversos dados que são extraídos de um site, então, é fácil ficarmos confusos com essa avalanche de números. Por isso, antes de sair coletando todas essas informações, você deve definir os objetivos mais relevantes naquele momento. Dessa forma, consegue focar nos pontos principais e criar ações para melhorá-los.

Neste artigo, mostraremos algumas das ferramentas mais utilizadas para mensurar os resultados e quais informações não devem ser ignoradas. Continue lendo e confira!

Quais ferramentas podem ser utilizadas para mensurar os resultados do site?

Google Analytics

De longe, a ferramenta mais utilizada para monitorar sites é o Google Analytics. Seu uso é totalmente gratuito, além de ser relativamente simples. Por meio do Analytics, você sabe o que acontece no site em tempo real, tem diversos dados sobre o perfil do público, sabe como os usuários se comportam, entre outras informações.

Hotjar

O Hotjar é um excelente complemento para quem utiliza o Google Analytics. Um dos recursos mais populares dessa ferramenta é o mapa de calor. Conforme o visitante interage com os elementos do site, o Hotjar grava os movimentos. Se você quer que alguém clique em determinado item em sua página, por exemplo, e verifica que ele está recebendo pouca atenção, pode movê-lo para a área mais quente do mapa.

Quais informações devem ser analisadas?

Sessões

As sessões representam o total de visitas que o seu website recebeu. Essa informação costuma ser a primeira preocupação de muitos, afinal, é preciso ter tráfego antes de tudo. No entanto, quando você utiliza apenas esse dado como parâmetro de sucesso, torna-se impossível fazer uma boa leitura do site. Além das sessões, é recomendável verificar a quantidade de visitas únicas.

Taxa de rejeição

A rejeição se dá quando o usuário sai na primeira página, sem interagir com qualquer elemento do site. Quando essa taxa é alta, pode significar muitas coisas: talvez o tempo de carregamento do site seja grande ou o seu layout seja confuso e acabe afastando os visitantes, por exemplo.

Taxa de conversão

Essa informação é essencial para você descobrir a eficácia de suas ações. Normalmente, a conversão acontece quando um usuário informa o e-mail ou uma venda é concretizada. Para calcular essa taxa, deve-se pegar o número de pessoas que realizaram determinada ação, dividi-lo pela quantidade de visitas e multiplicá-lo por cem.

Origem do tráfego

Para quem precisa otimizar o investimento a fim de aumentar o número de visitas do site, saber as origens do tráfego é crucial. Você pode descobrir quantos usuários vieram dos resultados orgânicos, links patrocinados, redes sociais, etc. Desse modo, você tem mais segurança na hora de decidir se investe mais em um canal ou em outro — e otimiza a sua verba.

Perfil dos usuários

Conhecer o perfil da sua audiência é outra informação que não pode ficar de fora. Tanto para as suas estratégias de marketing quanto para as ações relacionadas às vendas, quando você conhece quem é, de fato, o seu público-alvo, seus resultados costumam melhorar bastante.

Como você pôde perceber, mensurar os resultados do site evita que você perca tempo e dinheiro em questões de pouca importância. Com esses dados em mãos, você tem mais segurança em suas decisões e aumenta o desempenho do site.

Quer melhorar o seu conhecimento em marketing? Leia nosso artigo sobre as necessidades do seu cliente!



0 Comments


Venha nos contar sua opinião sobre o assunto!

Leave a Reply